Pequim volta a depreciar a moeda. Dólar em novo máximo desde 2008

Investidores temem que a China proceda a uma depreciação lenta, mas contínua, tal como aconteceu em 2015, quando a moeda chinesa se desvalorizou 6% face ao dólar ao longo do ano.